Inovar na Pandemia

 

A crise da Covid-19 tornou claro a todos o quão crucial a inovação, reinvenção e adaptabilidade são para as pessoas, empresas e negócios.

Em termos de capacidades científicas e tecnológicas, Portugal encontra-se dentro do grupo dos Strong Innovators da União Europeia, demonstrando a sua vontade de transformar condições em resultados com impacto direto na transformação da sociedade.

Fruto do processo de globalização e das crescentes dinâmicas de concorrência internacional, o modelo de crescimento português assenta na criação de valor e na exploração do potencial exportador para promover um desenvolvimento resiliente, duradouro e sustentável, direcionado para a incorporação de conhecimento e inovação no sistema produtivo, tendo como objetivo o aumento da produtividade e da competitividade do tecido empresarial. Procura-se, pois, desenvolver e operar novos produtos e serviços para indústrias tecnologicamente avançadas.

Neste painel, traremos o exemplo de como as sinergias entre pesquisa, desenvolvimento e inovação permitiram que o Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (CEiiA) e a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) se aliassem num momento crucial para o combate à pandemia.

Participantes:

Klena Sarges
Pesquisadora
ICTB – Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos – FIOCRUZ

Graduada em medicina veterinária e mestre em Ciência Animal pela Universidade Federal do Pará – Belém (PA).

Doutora em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (SP); Conquistou recentemente o “Prêmio Labutantes de Inovação no Setor Público 2021 – Destaque em Ciência e Tecnologia” e também o troféu “Cientistas pela Vida no HackCovid19”.

É membro da “Organization for Women in Science for the Developing World (OWSD)” e da “Rede Brasileira de Mulheres Cientistas e da Rede Conexão Inovação Pública”.

Criou e produz o podcast de divulgação científica “Agora Entendi”.

 

Gualter Crisostomo
Diretor de Relações Externas
CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento

Licenciado em Relações Internacionais pela Universidade do Minho.

Pós-graduado em Marketing Político e Comunicação, pela Universidade Independente de Lisboa – Portugal, em parceria com a Universidad Complutense de Madrid – Espanha e Pós-graduado em Administração e Políticas Públicas pelo ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa – Portugal.

Atuou como assessor do Conselho de Administração da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos de Portugal (ERSE) e também como assessor de vários Ministros da Economia do Governo de Portugal

Atualmente representa a CEiiA em diversas iniciativas da ONU, na área da sustentabilidade organizacional e também no “United Nations Global Compact Cities Programme”.